top of page

Solidão, desejo e Mídias Digitais

O GrupoJogo tem o prazer de anunciar a sua mais recente produção, o experimento cênico "Na Solidão dos Campos de Algodão", baseado na obra de Bernard-Marie Koltès.

Foto © Júlia Moreira


O experimento aborda temas profundos como solidão, desejo, poder e violência, explorando a relação entre dois personagens de forma intensa e cativante e incorporando recursos audiovisuais, como música, vídeo e inteligência artificial, para enriquecer a experiência do espectador.


A apresentação do experimento acontecerá no espaço GRUPOJOGO, localizado na Rua Santa Cecília nº 1538, em Porto Alegre, no dia 17 de junho, às 20 horas. Os ingressos estão disponíveis para compra antecipada no Sympla e também podem ser adquiridos no local, sujeitos à disponibilidade. O espaço abre às 19 horas e oferece um serviço de drinks, cervejas e comidas individuais e para compartilhar, garantindo uma experiência completa aos visitantes.



No experimento cênico "Na Solidão dos Campos de Algodão", sete intérpretes em cena estabelecem um diálogo com imagens geradas por inteligência artificial e vídeos, criando um paralelo envolvente entre o texto original e elementos visuais contemporâneos. Essa abordagem amplia a narrativa, trazendo novas perspectivas e reflexões sobre os temas abordados no texto.


Um trabalho desafiador que convida o público a refletir sobre as relações humanas, a busca por identidade e o vazio existencial que permeiam a vida contemporânea. Explorando a complexidade das emoções humanas, o experimento questiona a alienação e a solidão presentes em nossa sociedade.


A trilha sonora, executada com a ajuda de aplicativos de inteligência artificial, contribuirá para criar uma atmosfera única em cada cena do espetáculo, proporcionando uma experiência imersiva e sonora para o público.


“O experimento é parte do processo de criação do novo espetáculo do grupo, mas dessa vez a gente quer compartilhar a pesquisa desde o início, permitindo que o público acompanhe o desenvolvimento do espetáculo desde sua concepção até o resultado final.” comenta o diretor Alexandre Dill.



Foto © Alexandre Dill


A ficha técnica do experimento cênico "Na Solidão dos Campos de Algodão" inclui a direção e trilha sonora de Alexandre Dill, a criação e operação de imagens de Gabriel Pontes, o desenho de luz de Lucca Simas e a operação de câmera de Henrique Strieder. Os talentosos intérpretes Julia Moreira, Yasmin Souza, Guilherme Carniel, Gabriel Pontes, Vicente Vargas, Matheus Abreu e Alexandre Dill dão vida às personagens, garantindo uma atuação emocionante e envolvente.

Sobre o GrupoJogo: O GrupoJogo é uma companhia teatral dedicada à produção de espetáculos inovadores e experimentais. Com uma abordagem ousada e colaborativa, o grupo busca desafiar os limites da arte e proporcionar experiências únicas ao público. Desde sua fundação, o GrupoJogo tem se destacado pela originalidade e qualidade de suas produções, conquistando reconhecimento e direitos da crítica e do público.



4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page